Metodologias de Processos

BPMN

Business Process Modeling Notation. É um padrão para modelagem de processos. Oferece uma notação de fácil entendimento, assim, tanto usuários de negócios quanto profissionais de TI conseguirão entender um modelo de processos em BPMN, tornando-se na prática uma ferramenta que cria uma língua comum entre essas áreas.

É dotado de uma série de recursos que tornam possível a modelagem de processos extremamente complexos. Ao utilizar estes recursos, pode-se chegar a um nível bastante refinado do comportamento do processo, agregando várias informações técnicas, e permitindo o mapeamento automático para padrões de execução de processos, como o BPEL. Assim, se consegue uma transição natural da modelagem para a execução dos processos.

EPMA

Enterprise Process Management Approach. É uma metodologia destinada a possibilitar o desenvolvimento da gestão dos processos empresarias. É uma técnica sistemática que, focada no gerenciamento das atividades relacionadas aos produtos e serviços de uma empresa, busca definir formas de incremento do valor percebido pelo cliente e, consequentemente, do lucro da empresa ao oferecer este acréscimo de valor, através da busca da melhoria contínua dos processos operacionais, da diminuição ou eliminação de alocações indevidas de recursos e da adequada interpretação dos relacionamentos inerentes ao processo do negócio, inclusive em seus aspectos estratégicos.

A EPMA foi desenvolvida com base nas diversas fundamentações teóricas existentes sobre o assunto (Qualidade, Six Sigma, Business Process Improvement, Business Process Reengineering, Activity-Based Costing, Activity-Based Management, Kaizen e outros), procurando congregar os pontos fortes e relevantes de cada uma delas com a experiência prática desenvolvida pela Estratege, buscando estruturar uma série de etapas que devem ser seguidas por uma empresa para a implementação de um projeto de gestão e melhoria contínua de processos de negócio.

A Metodologia EPMA possibilita a empresa responder às seis questões básicas: quem, quando, onde, porque, como e o quê. Os relacionamentos dos modelos que representam a empresa e seus processos habilitam o entendimento de todas estas variáveis.

Enterprise Architecture

É uma ferramenta valiosa que assegura que a estratégia de negócio e investimentos em TI estão alinhados. Para isso, a Enterprise Architecture deve endereçar os aspectos de integração entre Negócio, Sistemas e Arquiteturas Tecnológicas, sustentando, dessa forma, o direcionamento estratégico da empresa.

Seus principais objetivos são promover alinhamento, padronização, reuso de ativos existentes de TI e o compartilhamento de métodos comuns para gerência de projetos e desenvolvimento de software através da empresa.

Entender e gerenciar seu negócio e sistema de conhecimento, aperfeiçoando os processos para ganhar eficiência organizacional, identifica oportunidades para melhoria rápida de processos definindo sua estratégia, metas, métricas, problemas e oportunidade de implementação.

IDEF

Integration Definition Function Modeling. É uma abordagem estruturada para modelagem corporativa, modelando tanto as decisões e ações de uma organização ou sistema, como as informações e seus relacionamentos.

Information Engineering

É uma metodologia que usa matérias da engenharia para produzir entregáveis para o planejamento, análise, projetos e construção do sistema de aplicação do negócio.

O objetivo do planejamento é identificar, o escopo, priorizando e conseguindo aprovação para a análise dos projetos. Esses objetivos são alcançados devido à coleta de informações de acordo com a visão do futuro do negócio, as atividades devem ser executadas em ordem de prioridade para alcançar essa visão, a informação solicitada para atender a cada atividade e o passo-a-passo de cada uma delas, visam automatizar o sistema e o suporte a cada atividade.

O objetivo da análise é determinar os requerimentos detalhados de uma determinada área do negócio. A informação solicitada pela área de negócios, seguida das atividades desempenhadas pelo negócio, são identificadas e definidas de acordo com a importância do especialista da área em questão. Esses requerimentos são representados através de dados, processos e fluxogramas.

O objetivo do projeto é definir a solução tecnológica para atender os requerimentos do negócio definidos durante a análise. O projeto do sistema especifica e detalha as quatro principais modelagens de arquitetura: Dados, Funções, Apresentação, Interface.

O objetivo da construção é planejar a construção de um sistema de aplicação, monitorar o progresso da construção, testar os componentes que foram construídos e instalados no sistema.

Object Thinking

É uma mistura de várias teorias de gestão voltadas para a reengenharia de processos orientados ao objeto. Sendo padrão do ProVision, a qual pode ser utilizada como base para o desenvolvimento de uma linguagem própria.

Rummler & Brache

É uma abordagem integral para organizar as empresas em torno de seus processos, gerenciando, medindo e redefinindo processos. É uma abordagem sistemática para mudar os processos de negócio.

Com base no desempenho Organizacional, de Processos e dos Indivíduos, essa metodologia usa um checklist para elaborar um diagnóstico capaz de fornecer orientações e pistas seguras para projetos de melhoria de desempenho.

UML

É uma linguagem de modelagem que auxilia a visualizar seu desenho e a comunicação entre objetos. Ela permite que desenvolvedores visualizem os produtos de seu trabalho em diagramas padronizados. Junto com uma notação gráfica, a UML também especifica significados.

É importante distinguir entre um modelo UML e um diagrama (ou conjunto de diagramas) de UML - o último é uma representação gráfica da informação do primeiro, mas o primeiro pode existir independentemente. O XMI (XML Metadata Interchange) na sua versão corrente disponibiliza troca de modelos mas não de diagramas.

Six Sigma

Six Sigma é um conceito, uma cultura, uma mentalidade que leva a empresa a repensar seus conceitos do que é Qualidade, tornando-a ágil e focada no cliente, através da iniciativa de cada pessoa da organização em superar-se a cada dia.

Zachman - Framework

É um framework para arquitetura corporativa que provê um meio formal e altamente estruturado de definir uma corporação. Ele usa um modelo de classificação em duas dimensões baseado nas seis interrogações básicas de comunicação (O quê, Como, Onde, Quem, Quando, Como e Por quê) cruzando com 6 tipos distintos de modelo relacionados a grupos de interessados/stakeholders (Visionário, Dono, Projetista, Construtor, Implementador e Trabalhador) para dar uma visão holística da corporação ou negócio que está sendo modelado.

Saiba mais

Se deseja saber mais dos serviços prestados pela Sofge ou dos produtos, fale conosco.

  • Fale Conosco

    Se preferir, ligue para nós:

    55 11 3688-2685